Damares - Não Toque no Ungido - Cd Ao Vivo A Minha Vitória Hoje Tem Sabo...

Cristã indiana é resgatada de tráfico sexual‏


"Mas, quanto a você, ele encherá de riso a sua boca e de brados de alegria os seus lábios."
Jó 8.21



Mais um ano termina e, glória a Deus, somos dele! Olhando para trás, vemos a graça e a misericórdia do Senhor, seu cuidado e proteção nos cercando mesmo quando não percebemos. Nossos irmãos da Igreja Perseguida também provam e testemunham disso. Como somos gratos ao Senhor pela fé deles, pelo encorajamento! Jó também foi provado e aprovado. Um de seus amigos, Bildade, foi um instrumento de Deus e proclamou o que ainda seria, o que Deus faria - encheria Jó de alegria. E assim foi. Sejamos gratos a Deus. Não deixe que as circunstâncias tirem a alegria maior, que é Jesus. E que essa palavra do livro de Jó seja verdade a cada dia sobre todos nós.

Missão Portas Abertas

Destaque na semana:

O relato de um menino sobre o ataque às igrejas em Bagdá
IRAQUE (17º) -
Dia 10 de dezembro, 40 dias depois do ataque às igrejas de Bagdá, Gary Foster, um colaborador da Portas Abertas Internacional, conversou com uma testemunha e relata a história de seu filho...

Indiana é resgatada de tráfico sexual
INDIA (26º) -
Logo após um recente resgate de seis meninas na cidade de Mumbai por membros do Indian Rescue Mission (Missão de Resgate Indiano, tradução livre, IRM, sigla em inglês), uma outra missão de resgate ocorreu...


VAMOS ORAR
LÍBIA (50º)
- Interceda pelo presidente da Líbia, Muammar al-Qadhafi, e pelas demais autoridades. Que eles venham a ter conhecimento da verdade em Jesus e tenham respeito pela Igreja do Senhor no país. Ore para que Deus seja revelado para aqueles que procuram a verdade.



Lição 13 - Bom é ter amigos

Onésimo tinha vindo à fé em Cristo enquanto esteve em Roma...

Texto Bíblico: Filemon 8-21

Ocasião e propósito da Epístola a Filemom

Onésimo tinha vindo à fé em Cristo enquanto esteve em Roma e estava retornando a Colossos, ao seu senhor, Filemom.
Por estar aprisionado de uma forma exclusiva em uma casa alugada, Paulo pôde receber um fluxo constante de visitas e pregar e ensinar livremente a Palavra de Deus, durante dois anos (At 28.17-31). Durante este período, o jovem Onésimo ouviu as Boas Novas e tornou-se um seguidor de Cristo (v. 10). Onésimo tinha roubado dinheiro do seu senhor, Filemon, e tinha fugido para Roma. Agora, como um cristão novo convertido, ele estava se preparando para voltar a Colossos e a Filemom.

Paulo escreveu esta carta visando o interesse de Onésimo, incentivando Filemon a ver o jovem não mais como um escravo, mas como um “irmão” no Senhor (v.16). Assim, Paulo esperava que Filemom pudesse recebê-lo (v.17), perdoá-lo (v.18,19), e talvez até mesmo libertá-lo (v.21).
O apelo de Paulo baseia-se no amor que ambos tinham por Cristo (v.9), no seu relacionamento (v.17-19), e na sua autoridade como apóstolo (v.8). Não se conhece a resposta de Filemom, mas seria difícil imaginá-lo não dando as boas vindas a Onésimo como seu novo irmão em Cristo.

Uma das lições desta curta carta é o exemplo de Paulo. Ele escreveu como o advogado de Onésimo, confiando que este poderia retornar, apresentar-se a Filemom, e arcar com as consequências dos seus atos. Paulo acredita em Onésimo, que ele é um verdadeiro irmão na fé. Paulo faz mais do escrever e apoiar este escravo fugitivo, ele também sustenta as palavras com os seus recursos financeiros – Paulo se oferece para pagar por qualquer dano que Onésimo possa ter causado ou por qualquer coisa que possa ter roubado (v.18).

Outra lição diz respeito ao poder que o Evangelho tem de unir as pessoas. Em opostos extremos na sua sociedade, estavam Filemom e Onésimo, mas ainda assim se tornaram irmãos unidos, por meio da sua fé comum em Cristo. Deus pode reconciliar as pessoas independentemente das suas diferenças ou ofensas.

Texto extraído da obraComentário do Novo Testamento: Aplicação Pessoal” Rio de Janeiro: CPAD.

http://www.cpad.com.br/escoladominical/view-subsidios.php?s=32&i=541


Neste Natal dê esperança para a Igreja Perseguida!‏

"Que o Deus da esperança os encha de toda alegria e paz, por sua confiança nele, para que vocês transbordem de esperança, pelo poder do Espírito Santo."
Romanos 15.13

É incrível pensar que a rotina de preparações para o Natal que nós vivenciamos é desconhecida de muitos cristãos perseguidos. Viver em países hostis ao evangelho não proporciona aos nossos irmãos a oportunidade de comemorar uma das datas mais significativas do cristianismo na companhia de familiares e irmãos da igreja

É para confortá-los e para lhes mostrar que não estão sozinhos que a Portas Abertas criou a campanha internacional Presentes de esperança.

Há cinco opções de projetos com os quais contribuir neste Natal. Todos eles são realizados pela Portas Abertas Internacional em favor da Igreja Perseguida.

Não deixe a Igreja Perseguida de fora de suas comemorações neste fim de ano.

Conheça os projetos propostos e escolha abençoar a Igreja Perseguida!

HARPA CRISTÃ *AO PASSAR O JORDÃO *

HARPA CRISTÃ HINO *371-BREVE VEM O DIA*

Bom Consolador - DVD Victorino Silva e Lília Paz

Histórico da Harpa Cristã - CPAD

Lição 09 - O Fim está perto

O Anticristo



Texto Bíblico: 2Tessalonicenses 2.1-12


O apóstolo Paulo tinha de lidar com falsos mestres que diziam que o Dia do Senhor já tinha chegado (2 Ts 2. – NVI). Os tessalonicenses tornaram-se inquietos e alarmados porque esses mestres, segundo parece, negavam a volta literal do Senhor e “nossa reunião com ele” no arrebatamento (2.1). Obviamente, já não se encorajavam uns aos outros da maneira que Paulo lhes ordenara (1Ts 4.18; 5.11). Por isso, Paulo explicou que aquele dia não viria “sem que antes venha a apostasia e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição” (2Ts 2.3). Isto é: essa apostasia e a revelação do Anticristo seriam as primeiras coisas a acontecerem no Dia do Senhor. Assim não aconteceria enquanto “o mistério da injustiça” estivesse refreado (2 Ts 2.7). Posto que tais coisas ainda não tinham acontecido, o Dia do Senhor ainda não era chegado, e ainda podiam eles encorajar-se uns aos outros com a esperança certa de serem arrebatados para encontrar-se com o Senhor nos ares.

O nome Anticristo provém das epístolas de João, onde João dá a entender que este personagem virá futuramente. Os leitores, porém, precisavam tomar cuidado com os muitos anticristos (que falsamente alegavam ser “ungidos”) e também com o espírito do anticristo que já operava (1 Jo 2.18,19,22,; 4.2; 2 Jo 7). Por outro lado, o Anticristo final já está condenado à destruição, e seu tempo será comparativamente curto.

Texto Extraído da obra “Teologia Sistemática: Uma Perspectiva Pentecostal”, Rio de Janeiro, CPAD.
"Entender a vontade de DEUS para as nos nem sempre e facil,mas crer que ele tem um plano para nossa vida faz a caminhada valer a pena"
Auto desconhecido



"O amigo não é aquele que nos faz algum bem, mas aquele que está sempre e em toda parte junto conosco."

Procuram-se consoladores‏


"Quando a ansiedade já me dominava no íntimo, o teu consolo trouxe alívio à minha alma."
Salmo 94.19

A quem podemos procurar em uma situação de emergência? Diversas famílias do Oriente Médio passaram
por situações muito difíceis, mas foram beneficiadas por um fundo que a Portas Abertas internacional
mantém para auxiliar famílias que se encontram em situações emergenciais.

Atualmente, o fundo auxilia 3.119 famílias, a um custo mensal de R$ 44,00 por família.

Seja você um dos consoladores que essas famílias buscam.

Ajude agora mesmo seus irmãos da Igreja Perseguida!

COLOSSENSES: a primazia de Jesus Cristo

Texto Bíblico Colossenses 3.1-16


Colossenses, embora seja breve e escrita para uma igreja que Paulo não plantou, é uma epístola que enfatiza muito a centralidade de Jesus Cristo como Mediador da atividade salvadora de Deus. A epístola salienta que aqueles que pertencem a Jesus não precisam de mais nada para encontrar a plenitude da benção de Deus além de se valer dos recursos que Deus já forneceu por intermédio de Jesus. A principal preocupação da epístola é exortar os crentes de Colossos em face das falsas doutrinas que enfatizam a prática ascética como um recurso para vivenciar a presença de Deus de forma mais relevante. Paulo resume as bênçãos de Deus que agem por intermédio do Mediador Jesus, o Senhor é aquEle que capacita os crentes a permanecer firmes. Ao fazer isso, o apóstolo refuta as falsas doutrinas e estabelece as bases para articular o chamado da igreja. Os quatro temas – Deus, Jesus, a heresia e a responsabilidade da igreja – são o cerne do ensinamento de Paulo nessa epístola, à medida que ele tenta executar o ministério que Deus lhe entregou (1.24 – 2.5).

Enfim, Colossenses é a respeito da obra do Pai no Filho em favor do povo que Ele chama a manifestar sua mensagem e presença sobre a terra. Essa nova comunidade, a igreja, deve entender que os benefícios concedidos por Deus são tudo de que precisam para levar o tipo de vida que honra a Deus. Sugerir que alguém precise de algo mais do que Cristo disponibilizou é um engano. A benção vem de Deus apenas por intermédio de Cristo, e a vida que agrada a Deus se fundamenta no que o Mediador, aquele que os capacita, provê.

(Texto extraído da obra Teologia do Novo Testamento, Rio de Janeiro, CPAD.)

http://www.cpad.com.br/escoladominical/view-subsidios.php?s=32&i=485



Paquistanesa é condenada à execução‏


"Vi os céus abertos e diante de mim um cavalo branco, cujo cavaleiro se chama Fiel e Verdadeiro. Ele julga e guerreia com justiça. Em seu manto e em sua coxa está escrito este nome: REI DOS REIS E SENHOR DOS SENHORES."
Apocalipse 19.11,16



No livro de Apocalipse temos a revelação do final dos tempos. E dentre elas está a tão aguardada volta de Cristo. Como o autor descreve neste capítulo, há um nome que é sobre todo o nome e nos traz confiança, paz e conforto: Rei dos reis e Senhor dos senhores. Este é Jesus Cristo, nosso Salvador e Senhor, que tem cuidado de nós, a Igreja, Sua Noiva. Como é agradável lembrar da fidelidade de Deus, do Seu amor e ter a esperança guardada em nossos corações. A Igreja Perseguida sempre nos recorda disso, pois permanece fiel e terá a recompensa da fé Nele: o céu. Fiquemos firmes assim, fiéis ao Soberano. Aleluia!

Missão Portas Abertas


Destaque na semana:

Atenção internacional mantém pastores vivos
IRÃ (2º) -
O ministério Present Truth é um foco de luz que brilha para dois pastores cristãos que foram aprisionados pelas autoridades iranianas...

Paquistanesa acusada de blasfêmia é condenada à execução
PAQUISTÃO (14º) -
Um tribunal paquistanês condenou a cristã Asia Bibi, mãe de quatro filhas, à morte sob acusação de "blasfêmia", tornando-se assim a primeira mulher a receber tal punição capital...


VAMOS ORAR
QUÊNIA (50º)
- A perseguição a cristãos ocorre com frequência na fronteira do nordeste do país e nas regiões costeiras do Quênia. Ore por sabedoria e perseverança para todas as organizações, agências e igrejas que trabalham nessas áreas.




Andando com a Igreja no Paquistão‏


"Quando um membro sofre, todos os outros sofrem com ele; quando um membro é honrado, todos os outros se alegram com ele."Romanos 8.26


O ensino de Paulo é claro à Igreja de Corínto: o que um faz afeta a todos. O Corpo de Cristo é real, e não podemos nos esquecer de que a Igreja Perseguida sofre e nós, da Igreja Livre, podemos fazer algo. A campanha de ajuda emergencial do Paquistão foi uma bênção e os resultados já aparecem. Obrigado por se lembrar dos nossos amados irmãos e apoiá-los, seja como for, financeiramente ou em oração, em suas necessidades. Em nome da Igreja Perseguida, o nosso muito obrigado!
Missão Portas Abertas



Destaque na semana:Andando com a Igreja afetada no Paquistão PAQUISTÃO (14º) - Em cooperação com três grupos nacionais da Igreja, colaboradores da Portas Abertas Internacional tem entregado ajuda emergencial em quatro províncias afetadas pelas enchentes no Paquistão...
Resgate em igreja acaba com 52 mortos em Bagdá IRAQUE (17º) - A agonia dos cristãos do Iraque é interminável. Na igreja de Nossa Senhora da Salvação, no bairro central de Karrada, em Bagdá, 52 pessoas morreram quando a polícia invadiu o templo em uma arriscada operação de resgate...
VAMOS ORAR SRI LANKA (40º) - Louve ao Senhor pelo sucesso das operações de socorro nos três distritos afetados pelo ciclone em maio de 2010. O socorro tem sido realizado pela Aliança Nacional Cristã Evangélica de Sri Lanka em cooperação com 29 igrejas locais. O projeto melhorou as relações comunitárias, especialmente nas comunidades que costumavam ser hostis com os cristãos.
Viaje com a Missão Portas Abertas!

http://www.portasabertas.org.br/

Meditem nesta frase :

''Mais importante que o fim da tempestade é o descanso no Deus Soberano que está acima dela.”
" Portanto, para mim, o viver é Cristo" Filipenses 1.21"
"Porque muitos foram crucificados, mas somente um foi pela humanidade: JESUS CRISTO" Prepare-se: Ele vem breve!

Pense nisso!!

Mas de que maneira " [buscamos] as coisas lá do alto"? O segredo encontra-se em Colossenses 3. 2; " Desenvolvam o hábito de voltar a mente - a atenção - para as coisas do alto , não para as coisas da Terra"( tradução literal). Nosso pés devem estar na terra, mas nossa mente deve estar no céu.

WIERSBE, Warren W. Comentário Bíblico Expositivo - Novo tertamento 2.

Estou vivendo um romance!

O Senhor nunca irá frustrar-nos ou nos dar desgosto como nos romances do mundo. 
     " Estou a apaixonada ! Descobrir o amor da minha vida! " O sonho de muitas jovens é vive uma grande historia de amor; principalmente as jovens que entram nesse sonho por meio de livros de romance, filmes, novelas e até por fatos reais da vida diária. Após penetrarem nesse clima ficam sonhando, imaginando cenas e se deixam envolver num mundo de fantasias, esperando por um príncipe encantado que as encontra , as ame e as leve a um palácio para viverem felizes para sempre. Algumas se sentem frustradas por nunca terem vivido uma historia de amor, choram por isso e se perguntam até pelo dia da realização desse desejo.
     O que queremos mostrar é que há uma grande história de amor na qual você está envolvido. Isso é revelado a nós na Bíblia por meio do livro de Cântico dos Cânticos( Cantares) . Nesse livro é-nos mostrado o romance entra um rei e uma camponesa.Esse rei, por amar a camponesa, tornou-se camponês para aproximar-se dela,ganhá-la aos eu palácio e assim torná-la uma rainha. O rei simboliza Cristo e a camponesa representa você. Nosso Deus, pelo fato de amar-nos , um dia tornou-se carne veio habitar entre nós( João 1:1, 14). ELe deixou Sua glória, assim como um rei deixa seu palácio, e veio ao mundo para buscar você. ELe passou pelos sofrimentos da vida humana, foi desprezado, traído ,sabia que ia morrer na cruz, mas não retrocedeu. Sabe por quê ? Pelo fato de amar você! Você era a meta Dele ELe pagou um alto preço para ganhá-lo. 
    Não podemos imaginar Sua alegria quando nós O amamos ,correspondendo ao Seu amor: " ELe verá o furo do penoso trabalho de sua alma , e ficará satisfeito"( Isaías 53: 11)
Mas também não podemos imaginar Sua tristeza quando não Lhe damos atenção. Quantas vezes Ele já bateu à sua porta e você não O atendeu? Quantas vezes Ele procurou atrair sua atenção ou seu olhar e você nem ligou? Essa é a nossa historia. Muitas vezes vamos atrás de outros amores. O mundo nos seduz, Satanás arma ciladas e nos atrai para elas. É como uma história na qual o protagonista mau-caráter, que quer somente tirar proveito das situações, ganha o amor de uma jovem que deixa aquele que ama de fato. Em 2 Coríntio 11.3 Paulo diz: “Receio que assim como a serpente enganou a Eva com a sua astúcia, assim também seja corrompida a vossa mente, e se aparte da simplicidade e pureza devidas a Cristo”. Quando conhecemos Seu amor, vemos que não há nada melhor. Você vive seu relacionamento com o Senhor como um verdadeiro romance ou como um detalhe de sua vida? Devemos ver que esse relacionamento é o que irá durar por toda eternidade e que o Senhor nunca ira frustrar-nos ou nos dar desgostos como nos romances do mundo. Ele já provou Seu amor por nós. O que estamos esperando? Vamos nos entregar a esse romance! Para que isso ocorra, é necessário conhecer cada vez mais nosso Amado. Se não O amamos tanto é porque não O conhecemos direito. Agora podemos compreender por que aqueles que buscam o Senhor genuinamente O amam tanto. Para amá-lo precisamos conhecê-lo mais por meio da leitura da Bíblia, da oração e da comunhão com aqueles que O conhecem verdadeiramente.
     Você sabia que o universo inteiro acompanha sua historia de amor com o Senhor Jesus? Em Romanos 8.21,22, vemos que toda a criação geme e suporta angustia até agora devido ao cativeiro da corrupção, esperando o resultado do seu relacionamento com o Senhor. Há uma torcida, uma audiência que está assistindo a tudo. Todos esperam ver um final feliz dessa historia de amor. Se você busca o Senhor e vive com Ele, será transformado de camponesa em rainha. Aí, os montes e outeiros romperão em cânticos e todas as árvores do campo baterão palmas ( Isaías 55.12). Há uma nuvem de testemunhas que nos rodeia e está presente, vibrando todas as vezes que amamos o Senhor; e fica triste quando amamos o mundo e tudo o que ele nos oferece. A todo instante, essa historia está sendo escrita. Seu desenvolvimento e final dependem de você.
     O Senhor realmente nos ama. Ele ama você e quer você, mesmo que você já O tenha traído muitas vezes ( Jeremias 3.1). Talvez você nunca tenha encarado o amor do Senhor como um romance, mas essa é a realidade. É um romance do qual você faz parte. Por meio da sal aceitação e busca, você alcançará um final feliz, que durara toda a eternidade , na qual você será um com o Senhor com todas os detalhes. Mas o importante é que essa seja a sua historia.


JAV, Coletânea, Corre e fala a este jovem Há esperança pra mim? : São Paulo

Reflita!






Nem sempre o que temos nas mão é o que é melhor pra nós, os planos do Senhor vão além do que podemos ver.

Lição 06 - Você está contente hoje?

Desunião: Um Problema Sutil Tratado na Espístola aos Filipenses


Texto Bíblico Filipenses 4.4-13

Paulo, após ter sido preso e mediante o seu apelo a César (At 22 – 25), foi levado a Roma para aguardar julgamento ali. Seu estado como prisioneiro não foi pesado naquela ocasião, pois tinha direito de morar numa casa alugada por ele e de receber as visitas de amigos.
Certo dia, surgiu ali um mensageiro com sinais de ter feito uma longa viagem; era Epafrodito, membro da Igreja em Filipos. Tinha trazido uma oferta para o apóstolo. Agradecendo aos filipenses a oferta, Paulo escreveu esta epístola (Fp 4.15-18).
Paulo tinha, porém, razões mais sérias para escrever esta epístola. Parece que havia algum defeito na unidade da igreja. Não havia discórdia séria, porque a igreja como um todo estava numa condição de bom crescimento espiritual. Mesmo assim, a harmonia não era perfeita entre alguns dos membros. Parece ter havido alguma diferença de opinião quanto à questão de perfeição cristã (3.15), e os líderes na controvérsia eram duas obreiras cristãs, Evódia e Síntique (4.2). Não havia separação aberta, mas um leve esfriamento estava entrando na atmosfera da igreja.
Paulo não denuncia isso, nem sequer repreende, mas procura derreter aqueles primeiros flocos de gelo que estavam surgindo no meio da atmosfera amorosa da igreja em Filipos. Consegue isso por meio de um compassivo apelo ao exemplo de Cristo.

Reflexão: “Comunhão é o sentimento de unidade que leva cristãos a se sentirem um só corpo em Cristo Jesus. Tendo como vínculo o amor”.

Texto extraído da obra “Epístolas Paulinas: Semeando as Doutrinas Cristãs”, Rio de Janeiro: CPAD.

Cristãos unidos em favor da liberdade religiosa‏

"Erga a voz e [...] defenda os direitos dos pobres e dos necessitados."
Provérbios 31.9


Esse conselho dado pelo autor de Provérbios é algo que deve estar cravado em nossos corações, como cristãos. Deus não quer que defendamos nossos irmãos perseguidos com violência, mas com a autoridade da nossa voz, quando falamos em nome dele. Este mês temos a oportunidade de falarmos em favor da Igreja Perseguida. Está ao nosso alcance defender o direito de crer em Cristo. Visite a página da campanha Free to believe e saiba como ajudar. É nossa função como parte do Corpo cuidar dos membros que sofrem! Nossos irmãos contam conosco!

Missão Portas Abertas

Destaque na semana:

Unidos contra a Resolução da Difamação da Religião
BRASIL - Dia 1° de outubro, o underground, ministério de jovens da Missão Portas Abertas, iniciou a campanha Free to Believe para arrecadar assinaturas em todo o Brasil a fim de convocar os jovens e toda a Igreja no país para se posicionarem contra a Resolução da Difamação da Religião...

Depoimentos impactantes no Congresso de Lausanne
INTERNACIONAL - Desde que cheguei, notei uma quantidade de cadeiras separas num local, sem que ninguém se sentasse nelas...

VAMOS ORAR
BRUNEI (29º) - Muitos cidadãos almejam trabalhar para o governo devido aos vários privilégios social e financeiro que estão envolvidos, mas, quando os civis tornam-se cristãos e divulgam essa decisão, perdem essas regalias e são pressionados a negar sua fé publicamente. Interceda por eles.

Lição 05 - Efésios é a carta da...?

Texto Bíblico Efésios 4.1-6



Esboço da Epístola aos Efésios1


Saudações (1.1,2)

Doutrina Basilar – A Redenção do Crente (1.3 – 3.21)

Instruções Práticas (4.1 – 6.20)

Conclusão (6.21-24)



Autoria: Apóstolo Paulo

Data: Cerca de 62 d.C.

Tema: Cristo e Sua Igreja

Propósito: O propósito imediato de Paulo ao escrever Efésios está implícito em 1.15-172 . Em oração, ele anseia que seus leitores cresçam na fé, no amor, na sabedoria e na revelação do Pai da glória. Almeja profundamente que vivam uma vida digna do Senhor Jesus Cristo (e.g. 4.1-3; 5.1,2). Paulo, portanto, procura fortalecer-lhe a fé e os alicerces espirituais ao revelar a plenitude do propósito eterno de Deus na redenção “em Cristo” (1.3-14; 3.10-12) à igreja (1.22,23; 2.11-22; 3.21; 4.11-16; 5.25-27) e a cada crente (1.15-21; 2.1-10; 3.16-20; 4.1-3,17-32; 5.1 – 6.20).



1Texto extraído da “Bíblia de Estudo Pentecostal” da CPAD, Rio de Janeiro.
2“Pelo que, ouvindo eu também a fé que entre vós há no Senhor Jesus e a vossa caridade para com todos os santos, não cesso de dar graças a Deus por vós, lembrando-me de vós nas minhas orações, para que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, vos dê em seu conhecimento o espírito de sabedoria e de revelação” (ARC).

Deus está a procurar de um homem
"Conheço um homem em Cristo que, há cartoze anos( se no corpo , não sei; se fora do corpo , não sei ; Deus o sabe), foi arrebatado até ao terceiro céu." 2 Co 12.2




UM HOMEM EM CRISTO
Paulo se refere a si memso como um homem em Cristo , que foi levado ao céu, a fim de receber revelações , provavelmente , a respeito do evangelho de Cristo e das glórias indescritíveis do céu , reservadas ao crentes. Esse grande privilégio e revelação consedida a Paulo , fortaleceram- no e capacitaram - no a suportar os sofrimentos prolongados e severos que lhe sobrevieram durante seu ministerio apostólicos.

"E disse-me : A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois , me glóriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo." 2 Co 12. 9

Devemos gloriar-mos em nossas fraquezas e ver nelas valor eterno , porque elas fazem com que o poder de Cristo desça sobre nós e habite em nós , à medida que avançamos nesta vida em direção ao nosso lar. Bíblia de Estudo Pentecostal , p.1787.

" Eu , de muita boa vontade , gastarei e me deixarei gastar pelas vossas almas , ainda que , amando-vos cada vez mais, seja menos amado."
2 Coríntios 12. 15

Os dez mandamentos do telespectador cristão

Autor Desconhecido


01. Amarás ao Senhor teu Deus acima de todos os desenhos, shows, jornais, piadas, novelas e filmes de televisão.

02. Não farás da imagem do vídeo um outro deus diante do Senhor. Não adorarás seus artistas, nem exibirás seus posters em tua casa, pois teu Deus é Deus zeloso e sentir-se-á enciumado.

03. Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão, como fazem, a todo momento, os protagonistas das novelas.

04. Guardarás verdadeiramente o dia do Senhor. Não ficarás diante do aparelho na tarde de domingo, mas sairás para visitar alguém que necessite de oração, conforto e estímulo.
05. Honra o culto doméstico com tua família para que teus filhos aprendam o caminho do Senhor e se prolongue a vida espiritual deles. Não permitirás de forma alguma que a televisão impeça esta honra.

06. Não farás da televisão a babá de teus filhos, nem permitirás que vejam televisão noite e dia, sem controle.

07. Não deixarás o aparelho exibir filmes indecentes ou cenas de adultério, para que essas coisas não fiquem em tua mente e te seduzam a esse pecado.

08. Não furtarás teu tempo diante da televisão, deixando de cumprir com o teu dever.

09. Não dirás falso testemunho contra teu próximo, como fazem os participantes das novelas, nem farás uso de suas gírias e palavras inconvenientes.

10. Não cobiçarás o modo de viver, de falar e de vestir dos artistas, nem os produtos que ali são anunciados. Não deixarás que essas coisas determinem tua conduta, nem o teu alimento.

Filipenses 4:8: "Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento."

REFLEXÃO

Pr. Elinaldo Renovato de Lima

Prezado visitante. O texto acima, que toma por base o decálogo, tem um sentido muito positivo para nossas vidas como cristãos, pois, nesta era em que vivemos, o poder da informação é muito grande e avassalador sobre as mentes das pessoas.

O volume de dados, de imagens e informações é tão grande que não dá tempo para serem "digeridos" ou avaliados corretamente. Muitos, sem perceber, estão sendo influenciados de modo marcante em sua vida espiritual, emocional, familiar, conjugal e sentimental, pelo poder da mídia televisada.

A TV é um meio excelente para a transmissão de informações e comunicação. Porém, precisa ser controlada, avaliada e pesada, sob um padrão ético seguro e firme, que não mude a cada ano, como ocorre na ética humana.

A ética em que o cristão deve basear-se para avaliar a programação da TV é a que se encontra nos princípios bíblicos, emanados da Palavra de Deus.

Sugiro que leia o Salmo 101.3, que diz: "Não porei coisa má diante de meus olhos..."; leia, ainda Dt 7.26, que proíbe o uso de imagens de escultura dos deuses estranhos. A TV, de certa forma, introduz imagens que são forjadas e preparadas por pessoas, em grande parte, que adoram ídolos e demônios. Leia esse último texto, que diz: " Não introduzirás tal abominação em tua casa, para que não sejas amaldiçoado , semelhante a ela. De todo a detestarás, e de todo a abominarás".

Novelas que exaltam a feitiçaria, a macumba, a bruxaria, bem como as que difundem a corrupção moral, o sexo ilícito, são abominação aos olhos de Deus. Filmes violentos e imorais; desenhos animados que têm mensagens subliminares para as mentes das crianças, não devem ter "ibope" em nossa casa, se somos cristãos. Que Deus nos abençoe mais e mais.

Você é Importante

Autor Desconhecido

Uma professora decidiu homenagear seus alunos do último ano colegial, dizendo a cada um deles a sua importância.

Ela chamou todos os alunos em frente à classe, um de cada vez.

Primeiro, disse a eles como eram importantes para ela e para a classe.

Então presenteou cada um deles com um laço azul com uma frase impressa em letras douradas:

EU SOU IMPORTANTE

Depois, a professora resolveu desenvolver um trabalho com a classe para ver que tipo de impacto o reconhecimento teria sobre a comunidade.

Deu a cada aluno mais três laços e os instruiu para que saisssem e disseminassem a cerimonia de reconhecimento.

Em seguida eles deveriam acompanhar os resultados.

Ver quem homenagearia quem, e relatar à classe dentro de uma semana.

Um dos alunos foi até um executivo Júnior de uma empresa próxima e o condecorou por ajudá-lo no planejamento de sua carreira.

Então, deu-lhe dois outros laços e disse: - Estamos fazendo um trabalho para a escola sobre reconhecimento.

Gostaríamos que você procurasse alguém para homenagear, que o presenteasse com um laço azul, e que lhe desse outro laço para ela homenagear uma terceira pessoa, disseminando esta cerimonia de reconhecimento.

Em seguida, por favor, procure-me novamente e conte-me o que aconteceu.

Mais tarde naquele dia, o executivo júnior procurou seu chefe, que, era tido até então como um cara rabugento.

Pediu ao chefe que sentasse e disse-lhe que o admirava profundamente por ser um gênio criativo. O chefe pareceu muito surpreso.

O rapaz, perguntou-lhe se aceitaria o laço azul como presente e se permitia que ele o colocasse. Seu chefe surpreso disse que sim.

O executivo Júnior pegou o laço de fita azul e colocou-o no paletó do chefe bem em cima do coração.

Ao dar ao chefe o último laço disse:

-O senhor me faz um favor? Receberia este outro laço e o passaria adiante homenageando outra pessoa? O garoto que me deu o laço está fazendo um trabalho para a escola e quer que esta cerimonia de reconhecimento prossiga, para descobrir como ela influência as pessoas.

Naquela noite, ao chegar em casa, o chefe procurou seu filho de quatorze anos e pediu que se sentasse e disse:

-Hoje me aconteceu uma coisa incrível.

Estava em meu escitório e um dos executivos Juniores entrou, disse que me admirava e me deu este laço azul por me considerar um gênio criativo.

Então, ele prendeu este laço que diz "Eu sou importante" no meu paletó, bem sobre meu coração...

Deu-me um outro laço e pediu-me que homenageasse uma outra pessoa.

Esta noite, voltando para casa, comecei a pensar a quem homenagearia com este laço e pensei em você.

Quero homenagear você. Meus dias são muitos tumultuados e, quando chego em casa, não lhe dou muita atenção.

Algumas vezes grito com você por não tirar boas notas na escola e por seu quarto estar uma bagunça, mas de qualquer forma, esta noite eu gostaria apenas de me sentar aqui e, bem dizer-lhe que você é Muito Importante para mim.

Além de sua mãe, você é a pessoa mais importante em minha vida. Você é um grande filho e eu amo você.

O sobressaltado garoto começou a soluçar, e não conseguia parar de chorar. Todo o seu corpo tremia.

Ele olhou para o pai e disse através de lágrimas:

-Papai, eu planejava cometer o suicídio amanhã, porque achava que você não me amava.

Agora não preciso mais.

A FALTA DE DEUS NO LAR

Pr. Elinaldo Renovato de Lima



Por se tratar de uma instituição divina, a família tem sido atacada desde o Éden por inimigos mortais. No mundo moderno, esse ataque tem sido extremamente violento, a ponto de muitos já duvidarem da necessidade de constituir família. Há moços que têm receio de se casarem temendo não ter condições de levar adiante a constituição do lar, e também há moças que sentem o mesmo receio. Além disso, há, ainda, os que, inebriados pela propaganda materialista, que prega novas formas de convivência social em substituição ao lar, preferem lançar-se ao mar revolto das aventuras, das libertinagens sexuais, do falso "amor livre", e de tantas outras fugas, a enfrentarem a realidade, da boa convivência social, com base na instituição familiar.

Por trás de todo o ataque à família, está o inimigo de Deus e dos homens, Satanás. E poucos sabem disso. As famílias cristãs, quando verdadeiramente cristãs, são as que estão em melhores condições, espirituais e morais, de reagirem e vencerem os ataques diabólicos contra o lar. Veremos agora alguns dos terríveis inimigos do lar e da família, e como combatê-los.

O PERIGO DA FALTA DE DEUS NO LAR

A falta de Deus é o inimigo número um do lar. Ele se revela quando o ambiente em casa é destituído de espiritualidade. Quando Deus está presente no lar, sente-se uma at-mosfera diferente, agradável e santa. O pai e a mãe se unem aos filhos para servirem ao Senhor. Deus é o hóspede invisível, mas real, que domina o ambiente da família. Em cada canto da casa, pode-se sentir Deus. Há harmonia entre todos. Há louvores. Há devoção sincera ao Senhor. As coisas de Deus são colocadas em primeiro lugar e o lar é uma continuação da igreja.
Por outro lado, quando Deus não está no lar, sente-se que o ambiente é carnal, pesado, cheio de manifestações mundanas. Não se louva a Deus, mas a criatura. Não se ora, não se busca o Senhor. A Bíblia, se existir, está escondida. As músicas são profanas. Não existe harmonia no ca-sal nem nos filhos. As coisas materiais estão em primeiro lugar. 'Só se pensa em prazeres materiais, riquezas, dinheiro, diversões e coisas mundanas! a casa é uma continuação do mundo. É bom não esquecer o que diz o salmista: "Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam" (Sl 127.1).

Quando o Senhor edifica, as bases, as colunas, as paredes espirituais, os muros ficam fortalecidos pelo Supremo Arquiteto. Mas os pais, para começarem com Deus e continuarem com Deus, precisam cumprir os seus deveres cristãos, como já foi dito antes. Em resumo, para ter Deus no lar, é necessário:
Ter no lar uma vida de oração.

· Realizar o culto doméstico, adorando a Deus com a família.
Cultivar e estimular no lar a leitura da Bíblia Sagrada.

- Levar a família, cedo, ao ambiente sadio da igreja. ·

- Estar vigilante quanto às "astutas ciladas do Diabo" contra o lar.

- Combater todas as formas de infiltração do materialismo ateu, seja por via da escola, dos meios de comu-nicação (tevê) ou de outras pessoas. · Levar a família a ocupar-se no serviço do Senhor.


O PERIGO DA MÁ LITERATURA NOS LARES

Pr. Elinaldo Renovato de Lima


Outro inimigo terrível do lar é a má literatura. Nunca o mundo assistiu a um progresso tão grande na produção literária quanto na época atual. Os novos processos de impressão têm melhorado a qualidade técnica dos livros, das revistas e dos jornais, tornando-os mais atraentes aos olhos do leitor. A quantidade de material impresso é extraordinária. Lamentavelmente, porem, o mesmo não se pode dizer do nível moral da literatura oferecida ao público.
Ressalvadas as exceções, grande parte do que se vê nas livrarias e bancas de jornal é a literatura pornográfica, cuja finalidade não é outra senão despertar no leitor o erotismo, a sensualidade, a lascívia, o desejo de prostituição. É o apelo forte às obras da carne. Se o cristão não vigiar, e começar a ler essa literatura, acabará sendo arrastado ao erotismo pecaminoso, incentivador do adultério, da prostituição e das práticas bestiais do sexo: é o sexo sujo, lamacento, imundo, nada condizente com o uso do corpo que é o "templo de Deus".

Outro tipo perigoso da literatura é aquela que, de ma-neira sutil, exalta o materialismo, os vícios, as idéias que afastam o homem de Deus, bem como o que defende falsas doutrinas religiosas, e políticas. As revistas, bem mais à mão do que os livros, também estão há muito dominadas por temas perigosos, tais como o amor livre, a infidelidade conjugal, a violência e outros exemplos degradantes. Tudo isso são inimigos do lar, que precisam ser evitados e combatidos.

Para tanto, é necessário que os pais estejam atentos ao que os seus filhos estão lendo. Não é preciso agir de modo policialesco, mas de modo amigo e sincero. Antes de mais nada, é preciso agir de modo positivo: os pais devem orientar os filhos para a leitura de bons livros. Eles existem, graças a Deus. Há livros evangélicos bastante inspirativos para jovens e crianças. Há muita literatura apropriada também para o nível de maturidade dos filhos. Os pais precisam dar livros aos filhos, antes que eles recebam livros maus de estranhos.

Outra medida interessante é procurar ler os livros que os filhos lêem, demonstrando, com isso, interesse por eles. De qualquer maneira, deve-se ter uma atitude de quem quer ajudar e não atrapalhar o interesse pela leitura, o que em si é bom e saudável. Havendo diálogo com franqueza entre pais e filhos, a má literatura será rejeitada pela famí-lia. Resta-nos dizer que a medida mais eficaz contra a má literatura é o cultivo da literatura bíblica no lar. Os pais devem dar o exemplo, lendo a Bíblia para 65 filhos, comentando as passagens lidas, no culto doméstico. Não se deve exigir dos filhos aquilo que não se faz.

O estímulo positivo é coisa boa. Se um pai oferecer um prêmio ao filho que ler a Bíblia toda em um ano, terá propiciado grande ajuda a esse filho. Desse modo, a "Espada do Espírito", quando usada no lar, é a melhor defesa contra o inimigo chamado má literatura.

JOGOS, BEBIDAS E DEMAIS VÍCIOS

Os vícios são inimigos corriqueiros que atacam os lares em todo o mundo, destruindo as famílias. Eles também atacam os lares cristãos. Conhecemos muitas mães de família cristãs, que choram, pedindo oração por esposos e filhos dominados pelos jogos, pelos vícios. O jogo é uma praga que domina muitas vidas. As pessoas, ao invés de se preocuparem no trabalho honesto e digno, pensam em ganhar muito dinheiro através dos aza-res do jogo.

A principio, o jogador começa a praticar o jogo por prazer, como atividade social. Depois, passa a jogar por dinheiro, tornando-se viciado. Nisso fica preso, per-dendo a noção de responsabilidade, de tempo, de honestidade, e se envolve com jogadas e trapaças, e, por fim, afas-ta-se da família, do trabalho, e perde noites de sono, com a idéia fixa de que precisa ganhar. O jogo nunca está sozinho. E acompanhado de bebidas, do fumo e de outros vícios. A bebida tem sido usada por Satanás como instrumento de escravidão de muitas vidas.

Começa com a bebida social, passa pela bebida como ape-ritivo e depois surge o alcoólatra inveterado, que chega até o "delírio tremens", quando a saúde já está estragada. Ai, se vai a honra e o amor à família; termina o dinheiro, a moral, a vida. Com isso o Diabo vai prendendo mais e mais os pobres viciados nas malhas da falsa liberdade. A maioria dos acidentes automobilísticos são causados pela bebida, pela embriaguez: Na maior parte dos crimes, o álcool está presente, como estimulante de coragem para lançar-se ao mal. Milhares de filhos estão a chorar a perda dos pais ceifados pelo vício da embriaguez. Do mesmo modo, o fumo, que é o agente número um do câncer do pulmão e de outras doenças, vai ceifando a saú-de, as vidas e destruindo os lares: é outro inimigo cruel.

A par desses, já considerados muito comuns, está em ação o trabalho destruidor dos tóxicos, como a maconha, a heroína, o LSD e outros - instrumentos do Diabo para a morte prematura de tantas pessoas. Para tudo isso, lamentavelmente, os governos contri-buem, facilitando a divulgação e a propaganda dos ele-mentos do vício. Pensam somente nos impostos que arre-cadam. Quando, na verdade, estão permitindo que a morte seja difundida. Mas, esses males podem ser vencidos, destruídos e, melhor ainda, evitados. Na realidade, eles são meios usados para que muitos fujam da vida, com medo do futuro, com medo das lutas, com medo de si mesmos.

Os lares cristãos, que cultivam o ambiente salutar da família, os lares cristãos cujos membros têm suas mentes ocupadas com aquilo que a Palavra de Deus aconselha, es-tarão livres das investidas de todos os vícios. Para tanto, é necessário desenvolver aquele ambiente espiritual que nos referimos em outro capítulo. Dá muito trabalho, mas recompensa.

Num lar em que a Palavra de Deus é lida todos os dias, desde cedo, quando os filhos ainda são pequenos; num lar em que a oração se faz ouvir todos os dias; num lar onde louvores a Deus são entoados pelos familiares da casa: num lar onde o amor conjugal é consolidado pelos laços do afeto e do carinho; num lar onde o amor dos pais aos filhos é expresso em gestos de sinceridade, cuidado e afei-ção; num lar onde o amor dos filhos aos pais é expresso em obediência, respeito e consideração; num lar assim, temos certeza: todos os inimigos do lar serão permanentemente mantidos a distância. Não esqueçamos: "Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam" (S1127.1).

"Por que Ele vive posso crê no amanhã, porque Ele vive temor nao há , mas eu bem sei , eu sei que a minha vida está nas mãos do meu Jesus que vivo está"
HC-545
"O verdadeiro amor cristão anda de mãos dadas com a pureza, abraçado com a santidade, e caminhando ao lado de Cristo, em todos os momentos."


Ariane Nishimura Namoro. Quais os limites do relacionamento físico?

O VALOR DO AMOR EM NOSSAS VIDAS

Pr. Elinaldo Renovato de Lima


A palavra amar tornou-se algo tão banalizado e distorcido no meio da sociedade, que o amor parece que perdeu seu significado. Normalmente, há jovens que, quando pensam em amor, pensam logo em namoro, ou em sexo. É o resultado de uma onda avassaladora de informações deturpadas que passam para as pessoas através da mídia, principalmente da televisão. Nas novelas, amar é fazer sexo, e de qualquer maneira, e com qualquer pessoa. Essa é uma visão prejudicada do verdadeiro sentido do amor. O próprio dicionário já consagra os falsos conceitos de amor: “Amor livre: O que repudia a consagração religiosa ou legal, representada pelo casamento; Fazer amor: Ter relações sexuais; copular; Mas há também os conceitos genuínos do que vem a ser amor. É neste sentido positivo que aproveitamos o tema para esta reflexão.

Em primeiro lugar, devemos considerar o que significa amor: “Sentimento que predispõe alguém a desejar o bem de outrem; Sentimento de dedicação absoluta de um ser a outro ser; Afeição, amizade, carinho, simpatia, ternura; Muito cuidado; zelo, carinho. Naturalmente, essas conceituações referem-se ao amor humano, devotado às pessoas que nos cercam. Como cristãos, precisamos valorizar o amor em nossas vidas. Não de modo teórico, mas na prática diária do nosso viver, no relacionamento com os outros.
Jesus, indagado pelos fariseus sobre qual seria o maior dos mandamentos, disse: “Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. Este é o primeiro e grande mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo” (Mt 22.38,39).
Vemos que, em primeiro lugar, Jesus destacou o amor a Deus de todo o coração, de toda a alma, de todo o pensamento. Pensemos bem no que isso significa. Não é apenas ser membro de uma igreja, dizer que é crente, ou que é religioso. É muito mais elevado e mais profundo. É ter uma devoção tão grande a Deus, que dá lugar a um sentimento verdadeiro e sincero de profunda reverência e zelo pelas coisas sagradas. É o amor ágape, que transcende à lógica humana. Quem ama a Deus da forma a que Jesus se referiu, jamais quer desagradá-lo, desrespeitá-lo, desobedecê-lo.

Logo a seguir, Jesus completou a resposta, afirmando que o segundo mandamento mais importante é “Amarás a teu próximo como a ti mesmo”. A essência do cristianismo está aí, resumida nesses dois mandamentos: Amar a Deus, e amar o próximo. Esse é o maior desafio do cristão. Amar a Deus parece que não é tão difícil, pois não o vemos com os olhos humanos. Amar o próximo parece também que não é difícil, mas é um desafio tremendo. As fraquezas do ser humano, as falhas do temperamento, os defeitos da personalidade, a formação defeituosa que podemos ter, os nossos defeitos, enfim, parecem obstáculos ao amor no dia-a-dia. Falar de amor é fácil. Difícil é praticar o amor, a caridade, de que fala 1 Co 13.

Uma ilustração parece-nos traduzir bem esse dilema do amor constante, na prática da vida.

“Um esposo foi visitar um sábio conselheiro e disse-lhe que já não amava sua esposa e que pensava em separar-se. O sábio escutou-o, olhou-o nos olhos e disse apenas uma palavra: -Ame-a. E logo se calou. -Mas, já não sinto nada por ela! -Ame-a, disse-lhe novamente o sábio. E diante do desconcerto do senhor, depois de um breve silêncio, disse-lhe o seguinte: " Amar é uma decisão, não é um sentimento; amar é dedicação e entrega. Amar é um verbo e o fruto dessa ação é o amor. O amor é um exercício de jardinagem: arranque o que faz mal, prepare o terreno, semeie, seja paciente, regue e cuide. Esteja preparado porque haverá pragas, secas ou excessos de chuva mas nem por isso abandone o seu jardim. Ame seu par, ou seja, aceite-o, valorize-o, respeite-o, dê afeto e ternura, admire e compreenda-o. Isso é tudo. Ame!! ".

Em seguida a ilustração faz um inteligente confronto entre o amor e o desamor.
”A inteligência sem amor, te faz perverso. A justiça sem amor, te faz implacável. A diplomacia sem amor, te faz hipócrita. O êxito sem amor, te faz arrogante. A riqueza sem amor, te faz avaro. A docilidade sem amor, te faz servil. A pobreza sem amor, te faz orgulhoso. A beleza sem amor, te faz ridículo. A autoridade sem amor, te faz tirano. O trabalho sem amor, te faz escravo. A simplicidade sem amor, te deprecia. A oração sem amor, te faz introvertido. A lei sem amor, te escraviza. A política sem amor, te deixa egoísta. A fé sem amor, te deixa fanático. A cruz sem amor se converte em tortura. A vida sem amor não tem sentido!!”

Diante dessa reflexão, devemos repensar o nosso comportamento. Será que realmente praticamos o amor? Será que não estamos praticando um cristianismo sem amor? Se assim é, trata-se de um cristianismo sem Cristo. Que Deus nos ajude, e nos ensine pelo Seu Espírito Santo, a viver a verdadeira vida cristã, praticando o verdadeiro amor. Em primeiro lugar, amando a Deus, de todo o coração, de todo o nosso entendimento, de toda a nossa alma. Em segundo lugar, amando o nosso próximo como a nós mesmos.

A VERDADEIRA PAZ




Pr. Elinaldo Renovato de Lima



Era uma vez um rei que ofereceu um prêmio ao artista que pintasse o melhor quadro que representasse a paz. Muitos artistas tentaram. O rei olhou todos os quadros, mas apenas gostou mesmo de dois, e teve de escolher entre ambos.
Um quadro retratava um lago sereno. O lago era um espelho perfeito das altas e pacíficas montanhas à sua volta, encimado por um céu azul com nuvens brancas como algodão.
Todos os que viram este quadro acharam que ele era um perfeito retrato da paz. O outro quadro também tinha montanhas. Mas eram escarpadas e calvas. Acima havia um céu ameaçador do qual caía chuva, e no qual brincavam relâmpagos. Da encosta da montanha caía uma cachoeira espumante. Não parecia nada pacífica.
Mas quando o rei olhou, ele viu ao lado da cachoeira um pequeno arbusto crescendo numa fenda da rocha. No arbusto uma mãe pássaro havia feito seu ninho. Lá, no meio da turbulência da água feroz, se instalara a mãe pássaro em seu ninho; em perfeita paz.
Qual pintura você acha que ganhou o prêmio? O rei escolheu a segunda. Sabe por que? "Porque PAZ," explicou o rei, "não significa estar num lugar onde não há barulho, problemas ou trabalho duro. PAZ significa estar no meio disso tudo e ainda estar calmo no seu coração. "Este é o significado real da PAZ!

REFLEXÃO

Na mensagem acima, de autor desconhecido, encontramos importante lição, de fato, em relação à percepção que temos das coisas.
É normal que vejamos a paz como um quadro sereno e tranquilo em nossa vida, ao nosso redor, propiciado pela ausência de guerra, de conflitos, de tribulações, de doença, etc.
Contudo, a Palavra de Deus nos diz:

"Não estejais inquietos por coisa alguma; fantes, as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus, pela oração e súplicas, com ação de graças. Ea paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus" (Filipenses 4.6,7).
A verdadeira paz é aquela que Cristo nos dá, que nos faz sentir-nos seguros, mesmo no meio das lutas e tribulações. Tanto é assim , que Palavra de Deus nos diz que " também nos gloriamos nas tribulações, sabendo que a tribulação produz a paciência; e a paciência, a experiência; e a experiência, a esperança"(Rm 5.3,4).

Somente uma paz superior, proveniente de cima, de Deus, pode nos garantir paciência em meio às tribulações. É algo que "excede todo o entendimento", à semelhança do pássaro que fez sua casinha num arbusto, ao lado de uma cacheira turbulenta.

Que Deus nos ajude a desfrutar essa verdadeira paz.

http://www.adparnamirim.com.br/familia

O Valor do Sofrimento

Autor Desconhecido



Mensagem de Fé e Esperança - 08/05/2000

Sofrimento Em nosso mundo de dor, onde está Deus? Se Ele é bom e compassivo, por que a vida é tão trágica às vezes? Será que Ele perdeu o controle? Ou, se Ele está no controle, o que Ele está tentando fazer a mim e aos outros? Algumas pessoas escolhem negar a existência de Deus porque eles não podem imaginar um Deus que permitiria tanta miséria. Alguns crêem que Deus existe, mas eles não querem nada com Ele porque eles não acham que Ele seja bom. Outros agarram-se tenazmente a crença de que há um Deus, todo poderoso, sábio e amoroso que de alguma forma usa "o que vem de ruim" para o nosso bem. Na Bíblia Deus nos assegura que Ele tem tudo sob seu controle, mas que às vezes Ele deixa que sejamos alvos de pessoas ruins, genes deficientes, perigosos vírus ou de catástrofes. Por que Deus permite que o sofrimento e a dor assolem nosso mundo? Há várias razões segundo a Bíblia:

PARA NOS ALERTAR
Imagine um mundo sem dor física. À primeira vista parece ser algo muitíssimo bom. Não haveria mais dor-de-cabeça, enjôo de estômago, mas também não haveria mais a sensação que nos alerta para um ligamento rompido ou um osso quebrado. Por mais que abominemos a dor, temos que admitir que ela tem um bom propósito; ela nos avisa quando algo não está bem.

PARA NOS DIRIGIR
Quando uma pessoa se afasta de Deus, normalmente a justificativa é o sofrimento. Mas para nosso assombro também é o sofrimento que ganha o crédito quando alguém redireciona sua vida e cresce no relacionamento com Deus. O sofrimento tem seu jeito de nos mostrar quão fracos os nosso recursos realmente são, e de nos forçar a avaliar o rumo da nossa vida. Nós podemos escolher nos desesperar, nos concentrando nos problemas, ou podemos escolher ter esperança reconhecendo que Deus tem um plano a longo prazo para nós.

PARA NOS MOLDAR
Quando confiamos em Cristo como nosso Salvador, Deus não faz "um passe de mágica" e nos torna perfeitos. Mas Ele remove o castigo que merecemos pelo pecado e nos coloca na estrada que leva ao Céu. A vida se torna um tempo de "modelagem" (você já viu um artesão trabalhando o barro na roda?), de desenvolvimento do caráter à medida que aprendemos mais sobre Deus e sobre como devemos ser para agradá-lo. O sofrimento nos faz lidar com as questões mais profundas da vida e fazendo isto, nos crescemos e amadurecemos. Se você é como eu, deve estar "doido" para encontrar a resposta a respeito do sofrimento.

Tenha paciência. É como montar um quebra-cabeças. Deus nos dá algumas peças para nos ajudar a confiar nele mesmo quando não temos todas as informações que gostaríamos. E melhor ainda, Ele se oferece como solução (sabe aquela última peça do quebra-cabeça?). Ele ainda governa o Universo e se importa conosco como indivíduos. Se sabemos que podemos confiar Nele, não precisamos de todas as explicações do mundo. Traduzido e adaptado por Hedy Silvado

A historia do pé de Bambú que queria ser útil em um jardim. Enquanto o jardineiro cuidava das flores , o pé de bambú gritava: "Eu quero ser últil".Depois de tanta insistência, o jardineiro pegou uma foice e cortou fora o pé de bambú, que gritava: "O que o senhor está fazendo? Eu quero ser últil".
Ojardieniro , então m dividiu o pé em duas bandas e fez duas bicas para regar mais bonito" Isso ilustra, em parte, a razaão pela qual o crente enfrenta lutas e dificuldades . Deus o aperfeiçoa, a fim de que ele seja últil na obra de Senhor.


CPAD, Cartas que Ensinam, Adolescente Vencederes.

Romanos 8.18



"Por incrível que pareça , todas as nossa lutas nesse mundo são consideradas leves , quando comparadas com a glória que em nós será revelada no futuro." ( Rm 8.18)
 

Tribulação x Glória Futura









 "Quando perco toda a minha força, então tenho a força de Cristo em mim"
                                  ( 2 Co 12. 9, 10)

Lição 03 - Cristão passa por tribulação

Não há dúvida de que o apóstolo fala de si mesmo. Não sabe se as...



Texto bíblico: 2 Coríntios 12.1-10

Comentário de 2 Coríntios 12.1-10

Não há dúvida de que o apóstolo fala de si mesmo. Não sabe se as coisas celestiais desceram até ele enquanto o seu corpo estava em transe, como no caso dos antigos profetas; ou se sua alma foi momentaneamente desalojada do corpo e levada ao céu, ou se foi levado em corpo e alma. Não podemos nem é próprio que o saibamos até conhecermos os detalhes deste glorioso lugar e estado. Não intentou publicar ao mundo o que havia ouvido lá, mas expõe a doutrina de Cristo. A Igreja está edificada sobre este fundamento, e sobre ele devemos edificar a nossa fé e esperança. Enquanto isto nos ensina a melhorar as nossas expectativas da glória que nos será revelada, deve nos deixar contentes com os métodos habituais de conhecer a verdade e a vontade de Deus.

O apóstolo narra o método que Deus usou para mantê-lo humilde, e para evitar que se exaltasse de modo desmedido pelas visões e revelações que recebia. Não nos foi dito o que era esse espinho na carne, se era um problema enorme ou uma imensa tentação. Porém, Deus costuma tirar bem do mal, para que as desaprovações de nossos inimigos nos protejam do orgulho. Se Deus nos ama, evitará que nos exaltemos de modo desmedido; as cargas espirituais estão ordenadas para curar o orgulho espiritual. Fala-se que esse espinho na carne era um mensageiro que Satanás enviou para o mal, porém Deus o usou, e o venceu para bem. A oração é um unguento para toda a chaga, remédio para toda a enfermidade, e quando somos afligidos por espinhos na carne, devemos continuar orando. Os problemas nos são enviados para nos ensinar a orar; e continuam para ensinar-nos a insistir em oração.

Mesmo que Deus aceite a oração de fé, ainda assim nem sempre dá o que lhe é pedido; porque, como às vezes concede ira, também nega com amor. Quando Deus não acaba com os nossos problemas e tentações, mas nos dá graça suficiente, não temos razão para nos queixar. A graça significa a boa vontade de Deus para conosco, e isso é suficiente para nos iluminar e vivificar, fortalecer e consolar em todas as aflições e angústias. Seu poder se aperfeiçoa em nossas fraquezas, e sua graça se manifesta e magnifica. Quando somos fracos em nós mesmos, então somos fortes na graça de nosso Senhor Jesus Cristo. Se nos sentimos fracos, então vamos a Cristo, recebemos dEle poder e desfrutamos mais das provisões do poder e da graça divina.

Texto Extraído da obra:Comentário Bíblico de Matthew Henry” Rio de Janeiro, CPAD.
http://www.cpad.com.br/escoladominical

Envie Bíblias para a China!‏

Cristãos chineses são libertos após 15 dias de detenção‏

"Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos."

Hebreus 11.1




Quantas vezes nos esquecemos o que significa fé? Como o autor de Hebreus nos lembra, não é algo visual e palpável. Quantas vezes nos esquecemos de praticá-la? Temos tanto a aprender com nossos irmãos perseguidos! Eles creem no Senhor e se entregam de tal forma que não medem esforços para defender sua fé. Nem todos seremos mártires, mas, com pequenas atitudes e uma vida cristã reta, nós certamente colocaremos em prática o que tanto esperamos e (ainda) não vemos completo: o Reino de Deus. Sigamos em fé rumo ao alvo definitivo que é a eternidade!Destaque na semana:

Britânica sequestrada no Afeganistão morre durante resgate
AFEGANISTÃO (6º) -
Uma britânica sequestrada no Afeganistão no fim de setembro foi morta na noite de sexta-feira durante uma operação de resgate...

Cristãos chineses são libertos após 15 dias de detenção
CHINA (13º) -
As três mulheres detidas em 20 de setembro de 2010 (Liu Fulan, Hua Cuiying e Li Yuxia) foram libertas após 15 dias de detenção administrativa...


VAMOS ORAR
SÍRIA
- Precisamos continuar orando pela liderança da Igreja. Há muitos desafios a cada dia e tem sido muito difícil conhecer os caminhos de Deus, e é muito frequente os líderes da igreja serem dirigidos pelas preocupações da denominação. Ore para que o Santo Espírito dirija seu povo para que prossiga em unidade com amor incondicional uns pelos outros!




"Filhinhos, não amemos de palavra nem de boca, mas em ação e em verdade." 1 João 3.18

   A Organização da Conferência Islâmica, que compreende 57 países, sendo a maioria de população muçulmana, apresentará mais uma vez a Resolução da Difamação da Religião na Assembleia Geral das Nações Unidas, no final deste ano. Seguindo uma mobilização global organizada pela Portas Abertas Internacional, o underground, ministério de jovens da Missão Portas Abertas, iniciou dia 1° de outubro a campanha Free to Believe, que tem o objetivo de arrecadar assinaturas em todo o país e unir-se a milhões de outros cristãos ao redor do mundo para se posicionar contra a Resolução da Difamação da Religião.  
     Essa resolução dá ao governo, o poder para determinar quais visões religiosas podem ou não podem se expressar nesses países predominantemente islâmicos. E ainda, dá ao estado o direito de punir aqueles que expressam posições religiosas "inaceitáveis", de acordo com eles. Portanto, a resolução, na verdade, legaliza a perseguição. O abaixo-assinado servirá para demonstrar descontentamento e preocupação por parte dos cristãos brasileiros, mas, além disso, conscientizar a Igreja no país de que ela pode fazer diferença e atuar em favor daqueles que necessitam. O intuito é engajar os jovens, seus amigos, igreja, familiares, colegas de classe etc. para que essa resolução seja derrotada.  
     Quanto mais nomes forem arrecadados em todo o mundo, mais chance haverá de que a ONU não a aprove. No Brasil, o abaixo-assinado pode ser preenchido online ou por meio de download do arquivo que pode ser impresso quantas vezes forem necessárias. Na página da campanha, existem recursos disponíveis como vídeos e material em Powerpoint. 

Para mais informações sobre a campanha Free to Believe, acesse www.portasabertas.org.br/freetobelieve ou ligue para (11) 5181 3330.

"(...)ambos justos perante Deus, vivemdo irrepreensivelmente em todos os mandamentos e preceitos do Senhor." Lc 1.6

Justo e Temente a Deus . O vocábulo grego aqui para " justo" é dikaios ( no hb. yasher). A idéia original é conformidade com regras e leis, mas o que o homem vive em retidão diante de Deus , tanto no coração como no viver.
(1) A retidão que Deus requeria no AT era do coração , baseado na verdadeira fé, no amor e temor a Deus ( Dt 4. 10, 29) A evidência dessa condição do coração nos pais de João Batista revela-se nas palavras " vivendo irepreensivelmente em todos os mandamentos e preceitos do Senhor" , onde o termo inclui a " integridade de coração".
(2) Os justos do AT não eram perfeitos . Quando cometiam pecado , obtinham perdão, oferecendo a Deus um sacrificio de animal, em atitude de sincero arrependimento e fé.

Bíblia de Estudo PENTECOSTAL, Revista e Corrigida
pg 1504

Lucas 4.8


Adorarás o Senhor , teu Deus , e só a ele servirás

Igrejas são fechadas no norte da Síria‏

"Deus não é injusto; ele não se esquecerá do trabalho de vocês e do amor que demonstraram por ele, pois ajudaram os santos e continuam a ajudá-los."
Hebreus 6.10


A Igreja Perseguida precisa de nós. Talvez alguns irmãos perseguidos nem sequer conheçam essa semelhança descrita pelo autor de Hebreus, mas há uma total ligação. Eles têm em mente que o Senhor não é injusto e vê o trabalho e esforço deles em proclamar o evangelho, permanecer firmes na fé e demonstrar amor pelos santos, ajudando-os. Somente Ele conhece o nosso coração e as intenções por trás de nossas atitudes. Ele nos recompensa a fim de que Seu nome seja glorificado. Sejamos assim, também, firmes e constantes na fé. Participe, ore, contribua para a Igreja Perseguida!

Missão Portas Abertas

Destaque na semana:

Igrejas domésticas são fechadas no norte da Síria
SÍRIA (41º)- A International Christian Concern (ICC) tem conhecimento de que pelo menos oito igrejas evangélicas no norte da Síria foram fechadas por ordem do Governo...

Trabalhadora humanitária cristã escocesa é sequestrada
ZANZIBAR (34º) - No dia 27 de setembro, uma trabalhadora humanitária cristã foi sequestrada no noroeste do Afeganistão, na região montanhosa de Kunar, junto com três colegas afegãos, de acordo com o Foreign Office britânico...


VAMOS ORAR
IÊMEN (7º) - Lembre-se dos cristãos secretos em suas orações, para que permaneçam firmes e cresçam na fé. Ore para que os cristãos iemenitas sejam o maior instrumento nas mãos de Deus para divulgar o evangelho por toda a Península Arábica, para que muitos possam entrar no Reino de Deus.
 
♕ Breve Jesus Virá | por Templates e Acess�rios ©2010